Velho guarda-roupa X Novas prateleiras

Antes de morar em casa própria, moramos de aluguel em vários locais e o pobrezinho do meu guarda-roupa de casal ficou destruído de tanto montar e desmontar. Depois da reforma da minha casa, ganhamos um guarda-roupa novo e o antigo foi para o lixo. Opa! A palavra lixo não se aplica aqui em casa! É claro que como o mdf ainda estava bem conservado, reaproveitei ao máximo: desmanchei as gavetas e fiz prateiras. Como eu não queria colocar mão-francesa para dar a impressão que a prateleira tinha suporte invisível, depois de desmontado, furamos a parede e colocamos 2 cantoneiras em ambos os lados. Então só acrescentei os enfeites na frente para disfarçar.

Olha elas ali, no cantinho oposto à Muleka!

Olha elas ali, no cantinho oposto à Muleka!

E tem mais! Com o restante da mdf, colocarei um painel e prateleiras na varanda gourmet, que ainda está em obra, mas em breve postarei as fotinhas aqui pra vocês. Bjos!!

Anúncios

ARMÁRIO X ESTANTE

Muitas pessoas devem ter um armarinho em casa dando bobeira, né? Eu tinha um de duas portas que já foi roupeiro e sapateira. Mas nos últimos tempos assumiu lugar de depósito de tranqueira, infelizmente! Como ele ainda estava em bom estado, só precisou de uma ”nova cara”. Como não tenho algumas fotos anteriores, tenho que salientar que retirei as portas antes de transformá-la em estante para livros.

Estante Antes

Após retirar as portas e a tranqueira, pintei com rolinho da cor branco gelo e depois só acrescentei os livros (organizando por ordem alfabética, conforme o nome dos autores) e customizei alguns objetos.

Estante Depois (1)

O que eu customizei e reaproveitei (Seguindo a ordem de cima para baixo):

  • Segunda prateleira: Porta-retratos casamento – comprei loja de R$1,99 + imprimi foto casamento em tom sépia + pintei com tinta dourada + finalizei com pasta cera dourada;
  • Terceira prateleira: Lata de biscoito;
  • Quarta prateleira: Caixa de uva- tinta PVA branca +  betume + decoupage imagens cinema + pasta cera dourada;
  • Quinta prateleira: rádio que seria descartado.

Se vocês tiverem alguma dúvida como foi o processo artesanal dos objetos citados acima, é só deixar um comentário que terei o prazer de explicar detalhadamente, ok?

LUMINÁRIA DE CHÃO?

Desde que reformei a casa fiquei louca para comprar uma luminária de chão, porém, essas belezinhas são caríssimas e quem enfrenta uma construção sabe o quanto não sobra dinheiro pra nada! Pensando nisso, qual seria a melhor solução para a realização de tal sonho? Reciclar, é claro! Foi aí que surgiu a idéia: o que fazer com um pedaço de filtro de água, uma camiseta de renda transparente (que não uso há muitos anos!!) e um cabide de chão? Uma luminária, ora!! Como não pensei nisso antes?

Então vamos aos itens:

Uma luminária quebrada + filtro (parte de baixo do filtro de galão sem a torneirinha) + cabide de chão + tecido veludo + camiseta renda:

Luminária Antes (2)

O que eu fiz:

Recortei a parte interna do filtro com estilete (do mesmo tamanho da luminária);

Encaixei a luminária e para reforçar colei com fita dupla face;

Pintei o cabide (que era cor de rosa) com tinta spray da cor branca;

Recortei o tecido de veludo, da cor vinho, e colei com cola branca (rótulo azul) por fora do filtro;

Amarrei as mangas da camiseta, abotoei e coloquei na cúpula. Sendo que o laço (as mangas) ficou na parte de trás;

Encaixei a cúpula no cabide.

E eis o resultado:

Frente

Frente

Atrás

Atrás

Como eu tenho um carinho muito grande por essa camisa não quis recortá-la, por isso decidi “vestir” a cúpula. Compreendi, então, que uma boa ideia pode gerar economia para o bolso e ainda alegrar a casa! Muito bom!